Em Portugal, Nossa Senhora de Fátima

O santuário de Nossa Senhora de Fátima, em Portugal, é um dos mais conhecidos universalmente, desde os grandiosos eventos que lá se deram, particularmente no ano de 1917.

Logo no início do século XX, a Virgem Maria anunciava às três crianças de Fátima (Lúcia, Jacinta e Francisco) as dolorosas peripécias que o mundo conheceria nos últimos tempos do segundo milênio... A seguir, visitantes e peregrinos de todos os pontos da Terra afluiriam ao local, aos milhões, a cada ano. Eis uma rápida cronologia dos “acontecimentos em Fátima”, pequena aldeia localizada a 120 km, ao norte de Lisboa. Neste povoado a Virgem pediu aos fiéis que rezassem pelos pecadores, convidando-os a uma verdadeira conversão do coração:

A Virgem promete um grande milagre “para que o mundo inteiro creia”; ela revela três segredos; ela pede penitência e orações para a conversão da Rússia.

1915 :

  • de abril a outubro : Três pastorinhos, Lúcia dos Santos, 10 anos (até a sua morte, ocorrida em 11.02.05, carmelita em Coimbra), e seus primos, Francisco Marto, 9 anos († 4-4-1919) e Jacinta Marto, 7 anos († 20-2-1920), vêem uma figura semelhante a uma estátua de neve.

1916:

  • primavera, verão e outono: Um anjo aparece às crianças (1).

1917:

  • 13 de maio (domingo) na Cova da Iria (local situado a 3 km de Fátima): as três crianças vêem a Virgem no alto de uma azinheira. Ela lhes pede que voltem ao local no dia 13 de cada mês, ao meio-dia, por mais seis vezes.
  • Eles retornam, pela primeira vez, no dia 13 de junho (2).
  • 13 de julho: a Virgem promete um milagre “para que todos possam crer”; ela revela três segredos (3), sendo que dois foram divulgados em 1941: 1º) visão do inferno (mar de fogo onde estão mergulhados demônios e condenados às penas eternas); 2º) fim da guerra (mas, se as pessoas não pararem de ofender a Deus, uma outra guerra terá início sob o reinado de Pio XI).
  • 19 de agosto: no dia 13, as autoridades civis, preocupadas com a movimentação de curiosos e o fervor manifestado quando da aparição precedente, prenderam as crianças que passaram um dia e uma noite encarceradas, onde Nossa Senhora chega até elas, no dia 19, conforme referido: A Virgem aparece às crianças em Valinhos, perto da Cova da Iria.
  • 13 de setembro, nova visita.
  • No dia 13 de outubro, sexta e última aparição: “dança do Sol” diante de 70.000 pessoas (4). A Virgem fala às crianças sobre a necessidade do retorno aos mandamentos de Deus e ao Evangelho. Os justos são convidados a fazer penitência pelos pecadores, a fim de preservá-los do inferno, e para obter a paz no mundo e a conversão da Rússia.

10-12-1925 / 15-02-1926:

A Virgem aparece à Lúcia em Ponte Vedra (Espanha)

1928:

Assentada a primeira pedra da Basílica do Santuário.

A Virgem pede a consagração do mundo e da Rússia ao Imaculado Coração de Maria (5).

1929:

  • 13 de junho: A Virgem reaparece à Lúcia em Tuy (Espanha) e diz-lhe que solicite a consagração do mundo e da Rússia ao Imaculado Coração de Maria.

1930:

  • 13 de outubro: O Bispo de Leiria declara serem verdadeiras as aparições e aprova o culto oficial de Nossa Senhora de Fátima.

1942:

  • 21 de outubro: Pio XII leva a efeito a consagração solicitada pela Virgem: Nossa Senhora de Fátima é coroada rainha de Portugal e do mundo.

1950:

  • 30 de outubro e 1º de novembro, às 16 horas: Pio XII, nos jardins do Vaticano, vê o sol dançar no céu.

1967 :

  • 13 de maio: Cinqüentenário das aparições, visita de Paulo VI.

1982 e 1991:

  • 13 de maio: Visitas de João Paulo II pelo primeiro e décimo aniversários do atentado, do qual escapou com vida, em Roma, no dia 13 de maio de 1981.
    Beatificação dos pastorinhos Jacinta e Francisco; revelação do conteúdo do terceiro “segredo”.

1984:

  • 25 de março : João Paulo II renova a consagração do mundo ao Imaculado Coração de Maria, na praça São Pedro, em Roma, diante da estátua de Nossa Senhora de Fátima.

1997:

  • de 13 de maio a 13 de outubro: celebração do octogésimo aniversário das aparições. Visitantes: quatro milhões por ano.

2000 :

  • 13 de maio : Beatificação dos pastorinhos Jacinta e Francisco por João Paulo II em Fátima; revelação do conteúdo do “terceiro segredo” pelo cardeal secretário de Estado do Vaticano, Ângelo Sodano. Ele faz referência ao atentado, no qual João Paulo II foi vítima na Praça São Pedro, no dia 13 de maio de 1981; à luta do comunismo ateu contra a Igreja e contra os cristãos, e ao imenso sofrimento das vítimas da fé no século vinte:

“Eu gostaria mais uma vez de testemunhar toda a bondade do Senhor para comigo, por ter-me salvo da morte quando eu me encontrava gravemente ferido, vítima do atentado de maio de 1981”, dizia João Paulo II. “Expresso, igualmente, meu reconhecimento à bem-aventurada Jacinta pelos sacrifícios e orações que ofereceu para o Santo Padre, que ela havia visionado tanto sofrer”.

  • 26 de junho: Publicação do documento da Congregação para a doutrina da fé sobre as aparições e sobre o “segredo”.

Ato de oferecimento da Igreja e do mundo à Virgem, por João Paulo II, para o III milênio, diante da estátua de Nossa Senhora de Fátima...

  • 8 de outubro de 2000: Ato de oferecimento da Igreja e do mundo à proteção da Virgem para o III milênio, por João Paulo II, acompanhado de 1.500 bispos, por ocasião de seu jubileu, na praça São Pedro, em presença da estátua da Virgem de Fátima.